Millennials no mercado de trabalho

27/05/2020 Dicas

A geração dos millennials já chegou ao mercado de trabalho. Os profissionais entre 20 e 40 anos presentes hoje nas empresas possuem ambições e características únicas que os diferem da geração anterior — geração X. 

Essa diferença de comportamento e mentalidade traz à tona um novo desafio para as empresas e seus gestores: como liderar os millennials no ambiente de trabalho, entendendo as necessidades, aproveitando o potencial e os engajando? 

Se você se identificou com a situação acima, confira no artigo de hoje como a sua empresa pode lidar com os millennials da maneira correta para aproveitar todas as qualidades destes profissionais. 

Geração Millennial

Millennial é o nome dado à geração de pessoas que nasceram entre meados da década de 1980 até o final da década de 1990. 

E apesar de haver divergências quanto às datas exatas, a geração millennial, também chamada de geração Y, é composta por pessoas entre 40 e 20 anos de idade. 

Os millennials representam a primeira geração que cresceu no mundo da internet e acompanhou, desde cedo, a evolução tecnológica. 

Por compreender duas décadas de importantes inovações, a geração millennial é dividida em duas classificações: os old millennials, que não nasceram na era da internet, mas viram ela se desenvolver; e os young millennials, que nasceram nos anos 90 já presenciando a conexão em rede e o início dos smartphones.

A geração millennial, portanto, é caracterizada por pessoas que se adaptaram à uma vida com internet, computadores e celulares desde muito cedo, testando diversos aparelhos e “assistindo” a evolução da tecnologia.

Os millennials no mercado de trabalho

Já presentes no mercado de trabalho, os millennials levam para dentro das empresas pensamentos e comportamentos únicos que fogem do tradicional. 

Mais dinâmicos e imediatistas, estes profissionais não se acomodam facilmente e anseiam por rápidos avanços tecnológicos. 

No mercado de trabalho, eles são inquietos, ágeis e inovadores, esperando conquistar seu lugar na empresa através de um trabalho com propósito para si próprios e para o mundo. 

Confira agora algumas das principais características dos profissionais millennials: 

  • Conectividade

Por conviverem uma grande parte da vida com a tecnologia, os millennials se acostumaram à praticidade que a modernidade proporciona. Por isso, estes profissionais estão sempre conectados, aproveitando as facilidades e a eficiência da internet no dia a dia e durante o trabalho. 

  • Adaptabilidade 

Os colaboradores da geração Y possuem grande facilidade de se adaptar às mudanças dentro da empresa, seja de horários, local de trabalho, função, etc. Os millennials anseiam por desafios e não são desmotivados frente às mudanças.

  • Inovação

A capacidade de pensar “fora da caixa” e ir contra o tradicional é uma forte característica da geração millennial, tanto no âmbito profissional quanto fora dele.  

  • Busca por resultados

O foco em resultados, principalmente entre os young millennials, é uma característica bastante notável destes profissionais. A geração Y é movida pela produtividade e entrega de resultados, se preocupando menos com carga horária fixa e evitando rotinas de trabalho inflexíveis. 

  • Propósito

É parte do perfil dos millennials acreditar mais em seus ideais e princípios, por isso, estes profissionais são motivados por um trabalho com propósito, que esteja alinhado com o que eles realmente acreditam. 

A liderança de millennials

Com tantas características diferentes dos profissionais mais velhos, representantes da geração X, como as empresas podem trabalhar a liderança dos millennials, promovendo um maior engajamento e evidenciando o potencial desses trabalhadores? 

O primeiro passo para realizar uma liderança adequada dos profissionais da geração Y é possuir um líder adequado. 

Afinal, a tecnologia evoluiu, os profissionais mudaram e as empresas se modernizaram, então, por que os líderes devem ficar de fora dessa tendência? 

A liderança hoje exige novas formas de pensar e agir, que estejam adequadas ao atual cenário corporativo. Dessa forma, a visão do líder inalcançável, responsável por comandar tudo e todos não cabe mais nos dias atuais.

O papel do líder está mais flexível e menos autoritário, proporcionando maior criatividade e liberdade tanto para este profissional quanto para as equipes. 

Outra característica importante é a capacidade de lidar com o conflito entre gerações (X e Y) dentro da empresa. 

O líder precisa reconhecer os diferentes perfis de profissionais, sabendo aproveitar as melhores habilidades de cada um, ao mesmo tempo em que gerencia as equipes de maneira igualitária e respeitosa. 

Confira agora outras dicas para engajar os millennials no ambiente corporativo:

1 - Aplicar a liderança circular

Neste modelo o gestor se insere dentro da equipe, assumindo uma posição ao lado dos colaboradores e trazendo a liderança para mais perto dos demais colegas de trabalho.

Ao aplicar a liderança circular, o gestor proporciona um ambiente de pertencimento muito valorizado pelos jovens millennials. 

2 - Comunicar o propósito da organização 

Como já comentamos, os profissionais da geração Y movem suas ações com base em um propósito maior. 

Quando a liderança transmite diariamente o propósito da empresa para as equipes, os millennials se identificam com as atitudes da organização, se mostrando mais engajados e motivados para fazer aquele propósito acontecer. 

3 - Promover um ambiente de trabalho integrado

O líder que souber propiciar um ambiente de trabalho integrado, com ferramentas tecnológicas que instiguem o conhecimento e a evolução, pode contar com profissionais mais motivados na realização das atividades.

Afinal, a tecnologia faz parte do dia a dia dos millennials desde muito cedo, logo, ela é muito valorizada por profissionais da geração Y. 

4 - Exercer uma liderança transformadora 

Uma liderança transformadora trabalha para evidenciar o melhor de cada membro da equipe, já que ela incentiva, motiva e trabalha o desenvolvimento pessoal dos colaboradores.

Um bom líder transformador incentiva os colaboradores através de diálogos abertos e atitudes positivas. 

Como você conferiu, os millennials possuem características próprias que exigem mudanças de postura dentro das empresas, principalmente das mais tradicionais. 

Contudo, contar com profissionais da geração Y no time de colaboradores pode aumentar a produtividade e trazer resultados ainda mais significativos para as organizações. Afinal, estes jovens profissionais possuem grande potencial de motivação e engajamento. 

Se você gostou do artigo de hoje e quer conferir outros temas relacionados ao mundo corporativo, gestão de pessoas e Recursos Humanos, visite o blog da RH Center e fique por dentro de nossos artigos.  


Desenvolvido por TNB.studio