Qual o impacto da rotatividade na empresa?

 

Todo gestor sabe que contratar novos funcionários custa mais do que reter os talentos da organização. Nesse sentido, altos índices de rotatividade interna podem representar maiores gastos, além de uma imagem negativa da empresa perante colaboradores, clientes e concorrência.

Na área de Recursos Humanos, a rotatividade ou turnover representa o número de entradas e saídas de funcionários de uma empresa. Este índice está diretamente relacionado às demissões e contratações de profissionais, e mede a quantidade de colaboradores que saíram da empresa durante um período de tempo. 

A substituição de antigos funcionários é normal dentro das organizações. Contudo, um índice de turnover muito alto indica que algo não vai bem na empresa.

Os motivos que levam à alta rotatividade são muitos: 

  • Má administração por parte dos gestores;
  • Baixa remuneração e ausência de benefícios;
  • Falta de motivação da equipe;
  • Infraestrutura inadequada; 
  • Clima organizacional ruim;
  • Processos de recrutamento e seleção equivocados;

Entre outros… 

Além de demandar mais gastos com novas contratações, processos de recrutamento e seleção de pessoal e encargos trabalhistas, a rotatividade traz diversos outros impactos para a empresa. 

Confira os principais efeitos da alta taxa de turnover em uma organização:

1. Sobrecarga de colaboradores

A saída de um profissional pode afetar negativamente o restante da equipe, uma vez que todo o trabalho realizado pelo colaborador precisa ser repassado para outros profissionais que permaneceram na empresa. 

Este cenário pode resultar na sobrecarga dos funcionários, que além de serem responsáveis pelas atividades habituais, precisam entregar as tarefas dos antigos colegas de trabalho.  

2. Redução da produtividade

Quando não é possível desviar um colaborador de sua função para assumir as atividades do cargo em aberto, a empresa acaba reduzindo sua produtividade até que uma nova contratação seja realizada. 

3. Piora do clima organizacional

As constantes mudanças de pessoal podem aumentar a preocupação no local de trabalho, resultando em um clima organizacional repleto de inquietações e mais propício a geração de conflitos entre os colaboradores. 

4. Despesas com novos treinamentos

A cada nova contratação, é preciso refazer os treinamentos de pessoal, exigindo da empresa mais investimentos de capital para capacitar os funcionários e de tempo para completar os treinos antes da equipe assumir as funções de forma definitiva. 

Quais os tipos de turnover? 

Como já mencionamos, existem diversos motivos que podem levar à demissão e aos altos índices de rotatividade, e nem sempre as justificativas estão ligadas à insatisfação com a empresa. 

Dessa forma, é importante conhecer os diferentes tipos de turnover para entender quais aspectos da organização precisam ser melhorados. 

Confira os tipos de rotatividade:  

  • Turnover voluntário

Como o nome já sugere, o turnover voluntário acontece quando o próprio colaborador pede demissão da empresa ou abandona seu posto de trabalho.

Isso pode ocorrer quando o profissional aceita outra proposta de emprego, por exemplo.

Altas taxas de turnover voluntário podem indicar problemas de gestão e de retenção de talentos, além de insatisfação com a organização. 

  • Turnover involuntário

No caso do turnover involuntário, a empresa opta por desligar o funcionário, arcando com os custos da rescisão do contrato.  

O turnover involuntário pode ocorrer por insatisfação da gestão com o colaborador, devido à performance baixa, conflitos com outros colegas de trabalho, reestruturação organizacional, entre outros motivos.

  • Turnover voluntário funcional 

O turnover voluntário funcional está relacionado ao baixo desempenho. Neste caso de rotatividade, o próprio funcionário decide deixar a empresa, não exigindo comprovação de seu desempenho. 

Este tipo de turnover causa menos impactos à empresa, já que inclui a saída de colaboradores com um desempenho abaixo do esperado ou que apresentem habilidades fáceis de substituir.

  •  Turnover voluntário disfuncional 

Em contrapartida, o turnover voluntário disfuncional é mais prejudicial à organização, uma vez que pode representar a saída de profissionais com habilidades difíceis de substituir ou com um alto rendimento. 

Neste caso, o colaborador com uma boa performance, potencial de crescimento na empresa e habilidades importantes opta por pedir demissão da empresa.

Considerando que os tipos de rotatividade apresentam situações diferentes, é fundamental que a gestão tenha amplo conhecimento dos motivos de cada desligamento, desenvolvendo estratégias de gerenciamento distintas. 

Como calcular o turnover?

Para elaborar estratégias de redução do índice de turnover, é essencial ter conhecimento deste índice e de como ele afeta a empresa. 

Confira como calcular o índice de rotatividade da sua empresa: 

  • O primeiro passo é obter os dados de entrada e saída de funcionários de um determinado período de tempo. 
  • Com os números em mãos, a próxima etapa é somar os dados e dividi-los por dois. 
  • Por fim, o resultado deve ser novamente dividido pelo total de trabalhadores que a empresa possui.

O valor final obtido da equação representa o índice de turnover simples da organização. Este cálculo pode ser associado a outras métricas para a obtenção de dados específicos, como taxa geral de retenção, de rotatividade voluntária e involuntária, entre outros, que permitam uma análise mais apurada por parte da gestão.

A RH Center pode auxiliar o seu negócio

Se você deseja reduzir os índices de turnover da sua organização, conte com o auxílio da RH Center! 

Nossos especialistas em Gestão de Pessoas realizam todo o processo de recrutamento e seleção, desde a divulgação das vagas até as entrevistas com os candidatos, atraindo e apresentando profissionais alinhados aos propósitos e cultura organizacional da sua empresa.

Com o auxílio de ferramentas exclusivas, como o VaRHgas — assistente virtual de recrutamento da RH Center — todo o processo de contratação ganha mais agilidade e assertividade. 

Baseado em Inteligência Artificial, o VaRHgas interage em ambiente online com diversos profissionais simultaneamente, realizando uma triagem inicial de perfis que será analisada pelos nossos especialistas. 

Dessa forma, o seu negócio aproveita profissionais capacitados e totalmente alinhados aos objetivos da empresa, além de muitos outros benefícios, como:

  • melhora do clima organizacional;
  • redução de custos;
  • ganhos em produtividade;
  • maior assertividade na contratação;

E muito mais!

Entre em contato com nossa equipe e saiba como contratar a solução de recrutamento e seleção da RH Center. 

 


Desenvolvido por TNB.studio