Conheça a importância do recrutamento e seleção de pessoas

Toda empresa, em algum momento da sua trajetória irá necessitar do processo de recrutamento e seleção. Afinal, situações como a expansão do negócio, o desligamento de pessoal e a aposentadoria de funcionários são comuns no dia a dia de qualquer organização. 

Mas apesar de ser muito utilizado no meio corporativo, o recrutamento e seleção de pessoas ainda traz questionamentos tanto para os funcionários quanto para os gestores. 

E se você tem dúvidas sobre esse processo, continue com a gente. Pois no post de hoje iremos falar sobre a importância do recrutamento e seleção para as empresas, além de levantar os principais questionamentos acerca desse método. 

O que é recrutamento e seleção?

O recrutamento e seleção é considerado tanto um setor do Recursos Humanos da empresa quanto um processo que visa contratar novos profissionais através da atração e seleção de candidatos. 

A equipe responsável pela área de recrutamento e seleção de pessoas de uma organização tem a função de estruturar o melhor quadro de funcionários possível através de avaliações e entrevistas com os candidatos escolhidos. Além de organizar o processo admissional, estipulando metodologia de análise, como serão as etapas e qual a quantidade necessária.  

Basicamente, os responsáveis pelo processo de recrutamento e seleção tem a função de: 

  1. Atrair: divulgar os cargos ofertados para uma boa quantidade de pessoas, garantindo que o maior número possível de profissionais se inscreva para concorrer às vagas.
  2. Selecionar: realizar um processo de triagem dos currículos recebidos, considerando as necessidades da função em aberto e procurando profissionais que se encaixem no perfil da empresa. 
  3. Avaliar: com os currículos já selecionados, é preciso realizar avaliações e entrevistas com os candidatos. 
  4. Contratar: o último passo é preencher a documentação necessária para concluir a admissão do profissional.

Qual a diferença entre recrutamento e seleção de pessoas? 

Se tratando de um processo de contratação de pessoas, é importante esclarecer que recrutamento e seleção não significam a mesma coisa. 

Entenda a diferença entre os dois termos:  

  • Recrutamento

Definido como um conjunto de ferramentas e técnicas que objetivam atrair candidatos com potencial para ocupar cargos dentro das empresas, o recrutamento pode ocorrer por meio de diversos canais, como divulgação em sites, jornais e revistas especializados em empregos, anúncios em rádios e tv, envio por e-mail, postagem em mídias sociais, dentre outros.

O recrutamento de pessoal pode ser dividido em três tipos: interno, externo e misto. O recrutamento interno é aquele realizado pelo setor de RH da própria organização, e busca aproveitar o potencial dos colaboradores que já fazem parte do quadro de funcionários.  

O recrutamento externo é realizado por profissionais de fora, especializados nesta atividade. Uma das vantagens de aderir ao recrutamento externo é a possibilidade de oxigenação da mão-de-obra da empresa, já que essa modalidade resulta em novas experiências e visões trazidas por pessoas sem ligação com a organização.

Por fim, o recrutamento misto é o resultado da união das duas modalidades anteriores. Neste processo a procura pelo profissional ocorre tanto em meio aos colaboradores da empresa quanto entre pessoas de fora. 

  • Seleção

Após a etapa de recrutamento — atração de candidatos — a seleção entra em cena. Neste estágio são realizados diversos processos, como: triagem de currículos, entrevistas, avaliações comportamentais, testes psicológicos, etc. a fim de se chegar a um único profissional para o cargo em questão.

Qual é o papel do recrutamento e seleção?

Como você já conferiu, o processo de recrutamento e seleção envolve diversas etapas até ser finalizado. Afinal, incorporar um novo profissional à rotina da empresa envolve muitas responsabilidades. 

Se o candidato selecionado não for o mais adequado para o cargo, os efeitos podem ser sentidos diretamente na produtividade da equipe, resultando em prejuízos financeiros e estruturais à organização. Além de aumentar os índices de turnover entre os colaboradores e os casos de demissão de recém-contratados. 

Agora, se o novo profissional se mostra apropriado para a função, os resultados também serão transmitidos para a empresa, trazendo retornos positivos na produtividade e ajudando na economia de tempo e recursos internos.

Portanto, cabe ao recrutamento e seleção escolher os profissionais mais adequados para os cargos em aberto. Pois, como você conferiu, errar durante esse processo pode custar caro demais para a empresa.

Por que terceirizar o recrutamento e seleção?

Para não arriscar e nem cometer erros de contratação, investindo tempo e dinheiro em um profissional que possa se mostrar despreparado para assumir o cargo, a empresa deve apostar na terceirização do processo de recrutamento e seleção. 

Ao terceirizar essa função, tanto empresa quanto gestores e colaboradores saem ganhando. 

Confira alguns dos benefícios de investir na terceirização do recrutamento e seleção da sua empresa: 

  • Redução considerável dos índices de rotatividade;
  • Assertividade no processo de contratação;
  • Profissional adequado para o cargo em aberto;
  • Garantia de alinhamento com a cultura organizacional; 
  • Economia de recursos internos;
  • Ganho de tempo para as atividades internas;
  • E muito mais! 

Com a terceirização todo o processo passa a ser realizado por uma empresa especializada em gestão de pessoas e administração de RH, reduzindo a margem de erros ou atrasos na contratação.

Se interessou pelo serviço? Então conheça hoje mesmo o recrutamento e seleção da RH Center

Com todo o apoio tecnológico e segurança de processos, a RH Center entrega profissionais de alta performance, com experiência comprovada e alinhados com a cultura da sua organização. 

Conquiste o colaborador ideal para as suas vagas com o recrutamento e seleção de pessoas da RH Center. Entre em contato e conheça nossa solução.

 


Desenvolvido por TNB.studio