Você sabe qual é a importância do desenvolvimento sustentável?

Nos últimos anos o desenvolvimento sustentável tem sido amplamente discutido tanto pela mídia quanto pelos governantes do mundo todo. 

A importância do tema não está voltada somente ao bem-estar, mas também à herança que iremos deixar para as gerações que estão vindo por aí. 

Desenvolvimento X crescimento econômico

Você sabia que o desenvolvimento muitas vezes é confundido com o crescimento econômico, mas que na verdade esses termos são bem diferentes?

Quando um projeto de desenvolvimento é elaborado, um dos primeiros fatores considerados é o bem-estar social. Após esta etapa, os benefícios do crescimento serão distribuídos tanto para o país quanto para a população, visando melhorar a infraestrutura e garantir o acesso à educação e moradia. 

A atribuição mais correta para o desenvolvimento sustentável é de que ele deve ser capaz de suprir as necessidades das gerações, sejam elas atuais ou futuras. 

Portanto, a sustentabilidade é o crescimento econômico com igualdade e justiça social, sem esgotar os recursos naturais do nosso planeta.

Por que o desenvolvimento sustentável é tão essencial?

Se a sociedade não mudar seu pensamento e atitudes em relação ao consumo, o impacto das consequências geradas será inevitável. E o planeta sofrerá com degradação ambiental, secas, tsunamis, furacões e aumento da temperatura.

A reflexão sobre exploração ambiental e incêndios causados nas florestas deu origem à Lei n° 12.651 sobre áreas de preservação e reserva legal, aprovada em 2012. A legislação visa promover a recuperação de ecossistemas.

O Ministério do Meio Ambiente também desenvolveu o programa de Cadastro Ambiental Rural (CAR), com o objetivo de auxiliar a administração pública no processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais.  

Qual a contribuição do Brasil para o aquecimento global?

O Brasil está comprometido a reduzir cerca de 43% da emissão dos gases do efeito estufa até o ano de 2030.   

Outro compromisso assinado pelo país é de estabelecer o limite de 45% de fontes renováveis no total da matriz energética, considerando que, atualmente, ela é a mais limpa do mundo e possui um impacto reduzido. 

Contudo, é importante ressaltar que ainda há muito o que ser mudado no Brasil. Começando, por exemplo, com um planejamento bem elaborado de crescimento das cidades, a fim de colaborar com a recuperação e o aumento das áreas verdes, evitando situações como enchentes, engarrafamentos e excesso de poluição.  

Já parou para pensar o que você pode fazer pelo Desenvolvimento Sustentável?

A contribuição de cada um de nós para o desenvolvimento sustentável pode começar através da mudança de hábitos aparentemente simples, mas que geram um grande impacto a longo prazo.

Confira alguns hábitos que você pode adquirir para ajudar o planeta:

  • Separar o lixo corretamente;
  • Utilizar a água de maneira responsável, evitando desperdícios (lavar a calçada com a água da máquina de lavar, usar baldes na lavagem do carro, reduzir o tempo do banho, etc);
  • Utilizar produtos biodegradáveis ou optar por materiais que possam ser reutilizados (canudos de inox, produtos de fibra de coco);
  • Optar por combustíveis que poluem menos (gás natural e etanol);
  • E diversas outras atitudes!

Atualmente, cada indivíduo gera cerca de um quilo de lixo por dia. E se você está se perguntando se adianta apenas uma pessoa mudar seus hábitos, saiba que a resposta é SIM! 

Afinal, além de ajudar a diminuir a quantidade de lixo produzido e o impacto no meio ambiente, você estará influenciando outras pessoas com o seu exemplo!

Desenvolvido por TNB.studio