CLT ou MEI: saiba como escolher a melhor opção para seu negócio

Com o passar dos anos, é natural que as relações trabalhador e empresa sejam modificadas visando acompanhar a situação econômica e social do país. Ao longo desse processo, modelos de trabalho já existentes acabam sofrendo algumas alterações, enquanto sistemas novos vão surgindo em paralelo.

Se você é contratante ou empregado, com certeza já ouviu falar das siglas CLT e MEI. Mas você sabe a diferença entre elas e qual é a melhor opção para a sua atuação? 

Hoje nós vamos abordar esses dois modelos trabalhistas e te ajudar a entender um pouco mais sobre cada um deles. 

CLT

Sigla para Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT é um conjunto de regras que regulamenta o sistema de trabalho e as relações trabalhistas entre empresa e empregado, tanto no espaço urbano quanto rural. São essas regras as responsáveis por assegurar direitos dos funcionários e cobrar deveres dos patrões. 

Vantagens empregados

Para quem é empregado, trabalhar sob o regime CLT representa ter, além do registro de todo o histórico profissional, uma Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) assinada. Ou seja, o trabalhador está amparado pela lei e tem direito a benefícios como previdência social, 13º, seguro-desemprego, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), férias, licenças maternidade e paternidade, entre outros. 

Desvantagem empregados

Mas existem também algumas desvantagens para funcionários contratados sob o regime CLT. Nessas condições, o trabalhador pode sofrer descontos na folha de pagamento de até 20%. Enfrentar dificuldades para contestar as horas trabalhadas, sem o acionamento da justiça. Dependência total da empresa e do chefe, e tendência a se acomodar no cargo, estagnando  o valor da remuneração. 

Vantagens empregadores

 Se tratando dos empregadores, o modelo CLT oferece uma relação mais longa e estável com os colaboradores. Possibilita fazer um controle mais apurado e previsível de possíveis gastos com a equipe. Assegura uma maior facilidade para realizar projetos de longo prazo e controlar a qualidade do time que compõe o quadro de funcionários. 

Desvantagens empregadores

Para os empregadores, manter uma equipe sob o regime CLT pode gerar um alto custo operacional. Tanto por aumento de impostos por parte do governo, quanto na busca de alternativas para funcionários afastados em casos de férias, faltas justificadas ou doenças e acidentes. 

MEI

Estabelecido em 2008, MEI é a sigla para a modalidade Microempreendedor Individual. Em outras palavras, ele representa uma pessoa que trabalha por conta própria e que deseja se formalizar como micro empresário. No processo, o trabalhador obtém um CNPJ e passa a emitir notas fiscais. Entretanto, para ser MEI existem algumas limitações como: faturamento anual de até 81 mil reais; e não ser sócio de outras empresas.

Vantagens MEI profissional liberal

Quando o profissional liberal se torna MEI, ele é enquadrado no Simples Nacional (regulamentação tributária simplificada para micro e pequenas empresas), tendo alguns benefícios como: carga de impostos reduzida, sistema de arrecadação mais simples e benefícios previdenciários (auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, pensão por morte, aposentadoria por idade, etc). 

Desvantagens MEI profissional liberal

Uma vez MEI, o profissional deve realizar uma contribuição mensal fixa enquanto a empresa estiver ativa, independentemente de lucros obtidos ou não durante aquele mês. Outra desvantagem é a aposentadoria limitada, que só poderá ser solicitada por tempo de serviço ou invalidez, sendo no valor de um salário mínimo.

Vantagens MEI contratante

Para o contratante, optar pelo profissional MEI é a melhor opção para resolver demandas pontuais e trabalhos esporádicos. 

Desvantagens MEI contratante

 Manter um funcionário MEI pode trazer algumas desvantagens para a empresa. Na relação de chefe e MEI não pode haver requisitos que configurem vínculo empregatício, subordinação e cumprimento de horários e ordens. Caso isso seja identificado, o contratante deverá se responsabilizar pelas obrigações trabalhistas e de previdência, arcando financeiramente em casos de acidente de trabalho, doença profissional e demais contratempos.

Obrigatoriedades CLT X MEI

Se tratando de modelos trabalhistas bem distintos, o MEI é mais indicado para profissionais liberais que desejam sair da informalidade e que não possuam um alto valor de faturamento anual. Mas como MEI, o trabalhador não se isenta de algumas burocracias fiscais como:

  • Pagamento de um tributo fixo referente ao Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS);
  • Emissão de nota fiscal, opcional nos casos de serviços prestados ao consumidor final (pessoa física); 
  • Registro do relatório mensal de receitas;  
  • Entrega da Declaração Anual do Faturamento do Simples Nacional (DASN-SIMEI);
  • Prestação de informações do funcionário contratado, caso se aplique. 

Já o regime CLT é normalmente adotado por empresas que possuem funcionários com vínculo empregatício e que sejam remunerados pela realização de serviços relacionados à atividade-fim da empresa (atividades principais do negócio).

Se o empregador optar pelo modelo CLT, deverá se atentar as seguintes obrigatoriedades: 

  • Pagamento do salário por meio de recibo até o quinto dia útil do mês;
  • Recolhimento do INSS de 3% da empresa e 8% descontado do funcionário;
  • Pagamento de vale-transporte no início do mês, quando solicitado pelo empregado;
  • Prestação da movimentação de funcionários admitidos e demitidos durante o mês; 
  • Recolhimento do FGTS, de até 8% sobre o salário do colaborador, através da Guia de Recolhimento (GRF) do FGTS. Obrigação custeada pelo empregador.   

Como apontado, cada modelo possui suas vantagens e desvantagens, cabendo ao profissional ou à empresa escolher a opção que melhor se adeque às suas necessidades. 

Para te ajudar nisso a RH Center oferece as mais modernas soluções em recursos humanos para empresas, negócios e clientes parceiros. No site da RH Center você também encontra um espaço exclusivo para cadastro de currículos e busca de vagas

Seja para empresas ou trabalhadores autônomos, a RH Center tem a melhor solução para o seu negócio.


Desenvolvido por TNB.studio