Os maiores desafios da terceirização de serviços

Tendência no mercado de trabalho brasileiro, a terceirização de serviços é cada vez mais praticada em empresas de diversos tamanhos e ramos de atuação.  

Visando facilitar os processos e reduzir gastos, este modelo de trabalho traz vantagens para o dia a dia das empresas. Porém, para que ele seja realmente eficiente, é preciso que os gestores tenham cuidado em relação à legislação, direitos trabalhistas, questões previdenciárias e tributárias. 

Por isso, nós trazemos agora alguns dos maiores desafios em relação à terceirização de serviços. 

A terceirização

A terceirização de serviços é caracterizada pela gestão por terceiros de determinadas atividades das empresas, estabelecendo uma relação de parceria entre contratante e contratado, visando melhorar a qualidade dos serviço, otimizar o processo e reduzir custos. 

Ao optar pela terceirização, a empresa contratante “transfere” a administração de um ou mais serviços, que até então eram realizados internamente, para empresas especializadas.

Porém, é importante esclarecer que esse processo não caracteriza vínculo empregatício entre trabalhador terceirizado e contratante. Sendo, da empresa terceirizada, que presta o serviço, a  total responsabilidade sobre o empregado e seus direitos trabalhistas. 

Serviços administrativos, de limpeza, segurança, transporte, portaria e manutenção são exemplos de atividades mais terceirizadas dentro das companhias.

Vantagens 

Muito utilizada pelas empresas, o processo de terceirização oferece diversos benefícios para o rendimento das atividades e da equipe. Conheça algumas vantagens desse modelo de trabalho:

  • Mais foco no negócio principal: ao terceirizar atividades como limpeza, segurança e recursos humano, a empresa tem mais tempo e foco para trabalhar no seu core-business; 
  • Redução de custos: a terceirização possibilita a redução de custos em atividades que antes eram realizadas por um departamento próprio dentro da empresa;
  • Melhora da produtividade: os trabalhadores estão totalmente focados em sua função e na empresa, não precisando se preocupar com as atividades ou setor terceirizados;
  • Aumento de verba para inovações: Ao reduzir os gastos com atividades terceirizadas, a empresa pode investir mais em inovação de processos e melhoria da infraestrutura;
  • Menor dependência do RH: ao terceirizar serviços referentes ao Recursos Humanos, a empresa reduz a dependência de seu RH interno. 

Os desafios

A nova lei de terceirização trabalhista, sancionada no ano de 2017, trouxe diversas mudanças para as relações de trabalho. Agora, os processos de terceirização ficaram mais flexíveis, e tanto a atividade-meio (operações secundárias) como a atividade-fim (operação principal) da empresa podem ser terceirizados. 

Contudo, mesmo com suas vantagens, a terceirização ainda traz alguns desafios para as empresas que desejam aderir a esse modelo de trabalho. 

Conheça agora alguns pontos que devem ser considerados para não prejudicar a qualidade do serviço e a relação entre empresa e trabalhador.

Escolha de fornecedor: Antes de fechar o contrato com uma empresa de terceirização , a contratante deve se atentar à escolha dos fornecedores, afinal, o resultado do serviço deve ser satisfatório e condizente com o que foi combinado. 

Por isso, a empresa de serviços terceirizados precisa ser bem administrada, já que, em casos de falência ou falta de pagamento ao funcionário, caberá à empresa contratante arcar com os pagamentos de rescisão. 

Administração do contrato: É essencial para a empresa contratante gerir o contrato com atenção, fiscalizando e acompanhando o trabalho prestado pelo funcionário, a fim de minimizar custos e evitar surpresas relacionadas à questões trabalhistas, fiscais e previdenciárias.  

Atenção às regras: Apesar das vantagens, a empresa contratante deve considerar algumas obrigações ao aderir à terceirização. Como, por exemplo, a proibição da mudança das atividades do trabalhador terceirizado. De acordo com a lei, o funcionário deve realizar somente o trabalho para qual foi contratado, não sendo permitido o desvio de função durante o contrato de terceirização. 

Outra determinação diz respeito às condições de trabalho do funcionário terceirizado. É obrigação da empresa contratante fornecer, dentro de suas instalações, ou em outro local designado por ela, o equipamento necessário para o desempenho da função, bem como garantir boas condições de segurança, higiene e salubridade. 

Se você quer terceirizar os serviços do seu negócio com uma empresa séria e respeitada, então confie na RH Center. Com mais de 20 anos de experiência em seleção e recrutamento, gestão de pessoas, mão de obra temporária e processamento de folha, a RH Center garante um serviço terceirizado de qualidade e com autonomia. 

Nós cuidamos de todo o setor de recursos humanos da sua empresa com alta tecnologia, processos otimizados e uma equipe preparada. Conheça as soluções da RH Center para o seu negócio. 

Desenvolvido por TNB.studio